JORNALISMO: OS DESAFIOS DE SER JORNALISTA NOS DIAS DE HOJE

OS DESAFIOS DE SER JORNALISTA NOS DIAS DE HOJE
Janaina Sá Brito
Hoje é dia do Jornalista e aproveitei a data para falar sobre os desafios de ser Jornalista nos dias de hoje. Pois bem, o mercado da comunicação já vem se desgastando faz algum tempo com a concorrência e com as grandes mudanças que vem acontecendo nos últimos cinco anos. A migração do jornalismo impresso para o digital vem causando a demissão de muitos profissionais das antigas e fechando redações, pois a internet demanda menos pessoas para tal função. As próprias emissoras de Rádio e TV que pertencem à grandes grupos de comunicação estão se integrando com os jornais e adotando a prática do crossmídia em sua programação. Até as revistas impressas tornaram-se digitais, fechando grandes editoras. Para quem não sabe, em 2015, a editora Abril fechou muitas redações e seu prédio que abrigava quatorze andares em funcionamento, só dispõe de quatro andares trabalhando. Isso deu um grande prejuízo para a editora, que dizem por aí que recebe subzídios do Governo de São Paulo. Não revelarei a fonte que me passou essa informação, mas creio que é segura.
Além dessa situação, as agressões e assédios a Jornalistas em coberturas de passeatas e jogos de futebol tornaram-se crescentes, junto com agressões verbais em redes sociais, isso fez com que os profissionais da área se assustassem muito, mas não desistissem de seu trabalho. O pior de tudo é a concorrência com as fake news, fenômeno que vem se propagando desde o ano passado nos aplicativos de mensagem. Isso também é um grande desafio.
Outra grande mudança que impactou no Jornalismo foi o fechamento de Rádios musicais FM, fazendo com que as grandes emissoras AM de Rádiojornalismo migrassem para esta frequência inovando sua programação e aumentando o seu público, utilizando as ferramentas da internet como o facebook e o youtube para transmitir seus programas e coberturas de trânsito, jogos e outros eventos. Não existe mais o Rádio sem imagem, onde ficávamos idealizando a cara de nossos Locutores preferidos. Essa migração do Rádio para o digital fez com que houvesse mais interação entre comunicadores e ouvintes em tempo real e os próprios programas ganhassem uma linguagem mais informal no Rádio. Além disso, as entrevistas são feitas por skype, abolindo o uso do telefone fixo.
Tudo isso deu uma virada no Jornalismo e podemos dizer que a tendência é de que a tecnologia avance cada vez mais e que daqui a pouco os programas Radiofônicos e Televisivos sejam transmitidos direto de nossa casa. Em meu trabalho de conclusão de minha Pós-Graduação em Gestão de conteúdo da comunicação social-Jornalismo, denominado a história do Telejornalismo no Brasil dos anos 50 aos anos 90, escrevi um capítulo falando sobre o Jornalismo e as mídias sociais e falei sobre essa grande interação existente atualmente entre telespectadores, ouvintes, âncoras e Locutores e sobre a não-linearidade que a internet proporciona. Tudo isso é uma questão de adaptação e tenho certeza que as próximas gerações já nascerão conectadas, ao contrário da minha , que viu a internet nascer e foi se adaptando às mudanças. Os baixos salários também são fator importante e delicado para os Jornalistas, pois com tudo o que nós trabalhamos, nunca ganhamos o que seria de direito, pois estudamos quatro anos, muitas vezes em Universidades particulares caras, pois é difícil entrar em uma Universidade Federal, depois nos pós-graduamos em uma área específica de nossa profissão e mesmo assim, ganhamos indignamente. Afinal, Jornalista não tem finais de semana e feriados muitas vezes e em certas situações, somos chamados com urgência para fazer coberturas de incêndios, acidentes, atentados ou para cobrir o velório de uma pessoa importante que faleceu súbitamente.
Mesmo assim, amamos o que fazemos, pois o Jornalismo é cercado de desafios e jamais se deve fugir da raia, tudo é experiência e aprendizado e o jornalismo está sempre se reinventando. Então, só quero parabenizar a todos os colegas por este dia e desejar vida longa ao jornalismo!

Autor: ANTENADA

Janaina Sá Brito nasceu no dia 03 de Abril de 1974 em Paris e aos seis meses, mudou-se com a família para Porto Alegre. É Radialista, graduada em Letras-Português e pós-graduada em gestão de conteúdo da comunicação social-jornalismo. O objetivo de seu blog é informar sobre todos os assuntos do momento, de forma dinâmica, sempre fornecendo pautas e notícias atualizadas , para quem vive na correria, mas quer sempre se informar sobre tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s