COMPORTAMENTO: DE QUEM VOCÊ É TIETE?

COMPORTAMENTO:
DE QUEM VOCÊ É TIETE?
Janaina Sá Brito
Quando chegamos na adolescência, começamos a nos relacionar com nossos ídolos. Eles sempre são aqueles que estão na mídia no momento, sejam na música ou no esporte, eles fazem o nosso coração bater mais forte e demos a nossa vida por eles, vamos aos shows, aos jogos, colecionamos discos, DVD’s, revistas, jornais, pôsteres, tiramos fotos com eles, pois hoje a moda é a selfi e antigamente, só queríamos um autógrafo.
Pois bem, no meu caso, meus primeiros ídolos surgiram no meio dos anos 80 e eram todos da música, com onze anos, comecei a gostar de Boys Bands como Menudo, Dominó, inclusive, fui aos dois shows do Menudo em Porto Alegre. Depois disso, tornei-me fã das bandas do Rock Brasil como RPM, Titãs, Os paralamas do sucesso, Engenheiros do Hawaii, Camisa de Vênus e Ira! Depois, já nos anos 90, comecei a curtir o novo Rock Internacional, tornando-me super fã de Guns N’ Roses, Nirvana, Soundgarden, Red Hot Chili Pepers ( que tive oportunidade de assistir ao show em São Paulo nos anos 2000 ), Green Day, Offspring, Alice In Chains, Pearl Jam e o Guitarrista Joe Satriani. Também fui muito fã do grupo de technopop Norte-Americano Information Society, ( que também assisti em 1991 em Porto Alegre). Confesso, também sofri muito quando Kurt Cobain se matou em 1994 e foi um baque para mim, foi duro perder um ídolo.
Hoje, na casa dos quarenta anos, meus ídolos mudaram. Sou muito fã de Jornalistas e Radialistas, são eles que fazem meu coração bater mais forte, que me encantam com seu trabalho, sua articulação, suas frases e bordões, sua voz marcante e tudo aquilo que me inspirou para ser quem sou profissionalmente. Então, hoje meus ídolos são: Luiz Megale, Chico Pinheiro, Arthur Xexéu, José Simão, Thiago Leifert, Marcelo Rubens Paiva, Kelly Mattos, Patrícia Poeta, Sérgio Chapelem, o saudoso Ricardo Boechat, Jorge Pontual, Alexandre Garcia, Carlos Nascimento, Maju Coutinho, Renata Lopretti, Luiz Gustavo Bivis, Cagê Lisboa, Mauro Borba e muitos outros. Hoje, posso me comunicar com eles via internet, coisa que antigamente não se podia, o máximo que se podia era por carta e muitas vezes sem resposta. Hoje, me comunico com alguns e sou amiga de outros que estão nesta lista. Ainda tenho o desejo de conhecer meus outros ídolos e sei que posso fazê-lo e o farei ! O que posso dizer de tudo isso é que ter um ídolo é ter uma referência de alguém que fez algo de bom em sua profissão e que nos inspirou a sermos quem somos. Então, não deixe seu lado tiete morrer nunca, pois é saudável sentir essa vibe boa da tietagem. Grite! Se esgoele! Deixe seu coração bater mais forte por seu ídolo e se houver oportunidade, comunique-se com ele e se puder, conheça-o pessoalmente e troque uma ideia, sem ser invasivo(a) e chato(a). Viva a tietagem!
Se você tem alguma sugestão de pauta, comentário, crítica ou elogio, pode mandar um E-mail para o endereço: janaina.sabrito@gmail.com

Autor: ANTENADA

Janaina Sá Brito nasceu no dia 03 de Abril de 1974 em Paris e aos seis meses, mudou-se com a família para Porto Alegre. É Radialista, graduada em Letras-Português e pós-graduada em gestão de conteúdo da comunicação social-jornalismo. O objetivo de seu blog é informar sobre todos os assuntos do momento, de forma dinâmica, sempre fornecendo pautas e notícias atualizadas , para quem vive na correria, mas quer sempre se informar sobre tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s