MÚSICA: OS SESSENTA ANOS DE RENATO RUSSO

MÚSICA:
OS SESSENTA ANOS DE RENATO RUSSO
Janaina Sá Brito
Quem diria que Renato Russo completaria hoje sessenta anos? Lá atrás, nos anos 80, quando a Legião Urbana estourou em 1985 com o seu primeiro disco, ele tinha 25 e nunca imaginávamos que essa data iria chegar. Afinal, vivíamos o presente sem nos preocuparmos com o futuro e jamais imaginávamos que aos 36 Renato fosse nos deixar. Ele era um Mestre, um ativista, um Filósofo da modernidade, um cara sensível, que expressava seus sentimentos verdadeiros e intensos em todas as suas letras. Renato era intenso e cometia excessos, mas em uma entrevista ao programa ‘Jô Soares onze e meia’ em Julho de 1994, Jô perguntou a ele se era lírico e ele disse ser romântico, bem se via que Renato cantava com o coração e com a alma. Ele disse em outra entrevista a Revista Showbizz em 1996 que era romântico, que quando se apaixonava por alguém sofria muito se não tivesse seu amor correspondido e que era fã do grupo Porto-Riquenho Menudo, do qual esta que vos fala também era muito fã. Tanto é que no acústico MTV gravado em 1993 e lançado seis anos depois em CD, Renato cantou ‘essa noite não tem luar’, clássico desconhecido do Menudo aqui no Brasil. Renato tinha um Inglês e um Italiano invejáveis, isso era notado em seus dois discos solo.
Confesso, muitas músicas da Legião foram temas de meus momentos felizes e tristes, lembro inclusive de amigos ouvindo os clássicos ‘pais e filhos’ e ‘Daniel na cova dos leões’. Fico pensando, o que Renato diria hoje ao ver a situação política atual em meio a uma grande polarização? As pessoas brigando com seus amigos fiéis e verdadeiros por estes não concordarem com suas ideias políticas, agressões em redes sociais e um grande surto de mal humor e raiva que ocorre atualmente entre as pessoas. Será que Renato faria lives nas redes sociais criticando tudo isso? Por enquanto não sabemos e jamais saberemos, mas o que podemos fazer é usar o legado que Renato deixou para protestar com sabedoria , inteligência e parcimônia pelos nossos direitos.
Renato é atemporal, viceral, polêmico e portador de grandes mensagens que demonstram nada mais que a verdade em suas letras. Acho que muitos que o conheceram jamais o esquecerão e os que não o conhecem vão conhecer e se surpreender. Convido a todos os fãs da Legião a celebrarem os sessenta anos de Renato Russo ouvindo toda a sua obra e refletindo sobre suas letras. Quem quiser cantar, pode cantar com certeza, vai fazer muito bem para a cabeça e para o coração nesse período sombrio e incerto de confinamento por causa do coronavírus. Parabéns Renato! Te amamos muito e sempre te amaremos!

Sugestões de pauta, comentários, elogios e críticas? Mande E-mails para: janaina.sabrito@gmail.com

Autor: ANTENADA

Janaina Sá Brito nasceu no dia 03 de Abril de 1974 em Paris e aos seis meses, mudou-se com a família para Porto Alegre. É Radialista, graduada em Letras-Português e pós-graduada em gestão de conteúdo da comunicação social-jornalismo. O objetivo de seu blog é informar sobre todos os assuntos do momento, de forma dinâmica, sempre fornecendo pautas e notícias atualizadas , para quem vive na correria, mas quer sempre se informar sobre tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s