MÚSICA:

MÚSICA:

OS 35 ANOS DE ‘CABEÇA DINOSSAURO’

Janaina Sá Brito

                 Na Terça-Feira passada, comecei uma série de colunas falando sobre os discos Nacionais que completaram 35 anos em 2021 e que fizeram a minha cabeça em 1986. Eu já havia escrito aqui, uma coluna dando uma lista geral dos discos Nacionais e Internacionais de 86 que fizeram a minha cabeça na época, mas agora, quis fazer colunas individuais sobre meus discos Nacionais. Na semana passada, falei sobre o disco Rádio Pirata ao Vivo, do RPM. Hoje, vou falar sobre o maravilhoso Cabeça Dinossauro, da banda Paulistana Titãs.

                  Cabeça Dinossauro foi o terceiro disco da banda, gravado entre Fevereiro e Março de 1986, no Estúdio Nas Nuvens no Rio De Janeiro e lançado em 25 de Junho do mesmo ano. O disco teve a estréia de Liminha na produção e surge como uma interrogação após o fracasso de Televisão, o segundo disco da banda, produzido por Lulu Santos, lançado em 1985. Além do fracasso de vendas e crítica de Televisão, o ano de 85 terminou com a prisão de Arnaldo Antunes e Tony Belotto por porte de drogas. O disco foi uma surpresa tanto para os fãs quanto para a crítica, pois trouxe em suas faixas, uma sonoridade crua, bem punk. Esta que vos escreve, não era fã dos Titãs, até conhecer o Cabeça Dinossauro, por intermédio de seu pai, aos dose anos de idade. Depois que ouvi pela primeira vez esse disco, trazido em uma fita K7, gravada por um aluno de violão do meu pai, me apaixonei de cara e comecei a curtir todos os discos seguintes da banda e tive o prazer de ir a dois shows dos Titãs, na fase pós saída de Arnaldo Antunes nos anos 90 e após morte de Marcelo Frommer, nos anos 2000.

                 Cabeça Dinossauro foi considerado pelos veículos do grupo Estadão, como um dos cem melhores discos do Rock Brasil dos anos 80. Em 2012, em comemoração aos trinta anos dos Titãs, saiu uma edição especial de Cabeça Dinossauro, com todas as faixas originais da fita demo do disco. No mesmo ano, saiu o CD e DVD ao Vivo, do show da turnê Cabeça Dinossauro, também em comemoração aos trinta anos da banda.

                 Cabeça Dinossauro é especial, todas as faixas falam sobre contextos conturbados da época como o fim da ditadura militar e a morte de Tancredo Neves em 1985. É um disco tão bom que mesmo passando tanto tempo, nunca se enjoa de ouvir. Em 2021, saiu a edição comemorativa dos 35 anos do lançamento de Cabeça

 Dinossauro, em LP e CD, com todas as faixas originais. Vale muito a pena conferir!

Sugestões de pauta, comentários, elogios e críticas? Mande e-mails para: janaina.sabrito@gmail.com

Autor: ANTENADA

Janaina Sá Brito nasceu no dia 03 de Abril de 1974 em Paris e aos seis meses, mudou-se com a família para Porto Alegre. É Radialista, graduada em Letras-Português e pós-graduada em gestão de conteúdo da comunicação social-jornalismo. O objetivo de seu blog é informar sobre todos os assuntos do momento, de forma dinâmica, sempre fornecendo pautas e notícias atualizadas , para quem vive na correria, mas quer sempre se informar sobre tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: