FILMES:

FILMES:

A HISTÓRIA DE UM MARGINAL ALADO

Janaina Sá Brito

                 Hoje, quero recomendar o documentário Chorão: Marginal Alado, que entrou em cartaz em Abril do ano passado, mas que assisti neste final de semana na Netflix. O documentário, retrata a vida e a carreira do cantor Brasileiro Chorão, líder da Banda Charlie Brown JR, mostrando depoimentos de colegas, amigos e familiares, falando sobre a vida pessoal e profissional do cantor. Chorão viveu duas décadas de sucesso com muita intensidade, até sua repentina morte em 2013, por overdose de drogas. O documentário também mostra imagens de arquivo e shows da banda.

                 Para quem como eu, curtiu o Charlie Brown JR nos anos 90 e 2000, com  certeza, vai curtir muito esse documentário, que traz histórias reveladoras de Chorão, o marginal alado. Vale muito a pena conferir, eu recomendo!

O QUE? FILME: Chorão: Marginal Alado. GÊNERO: Documentário. DIREÇÃO: Felipe Novaes. ROTEIRO: Felipe Novaes e Matias Lovro. ANO: 2021. DURAÇÃO: 1h 15min. CLASSIFICAÇÃO: 14 anos.

ONDE? Na Netflix.

Sugestões de pauta, comentários, elogios e críticas? Mande e-mails para: janaina.sabrito@gmail.com

Autor: ANTENADA

Janaina Sá Brito nasceu no dia 03 de Abril de 1974 em Paris e aos seis meses, mudou-se com a família para Porto Alegre. É Radialista, graduada em Letras-Português e pós-graduada em gestão de conteúdo da comunicação social-jornalismo. O objetivo de seu blog é informar sobre todos os assuntos do momento, de forma dinâmica, sempre fornecendo pautas e notícias atualizadas , para quem vive na correria, mas quer sempre se informar sobre tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: