COMPORTAMENTO:

COMPORTAMENTO:

AS CHATICES DA MATURIDADE

Janaina Sá Brito

                 A maturidade oferece coisas boas, mas também, nos faz detectar  algumas  chatices, ocorridas com as pessoas do nosso entorno, do nosso meio  e convívio social, por exemplo, imaginem se aquele primo com quem você conviveu durante a infância e adolescência e aqueles seus amigos com quem você conviveu durante a juventude e com quem você tinha muitas afinidades e que depois dos quarenta , ficaram totalmente sem assunto e tornaram-se chatos? Você evoluiu profissionalmente e intelectualmente e eles emburreceram, enquanto você quer falar com eles nos grupos de whattsapp ou em conversas ao telefone sobre política, tecnologia, livros,  futebol, podcasts, música, os memes da internet, as novas séries do streaming e outras coisas do mundo atual, enquanto eles, no entanto, só querem falar sobre sub celebridades , BBB e A Fazenda? Não é triste?

                 Pois é, o pior é que isso acontece e nos dá uma grande tristeza, pois quando somos jovens, imaginamos que nossos amigos e parentes do coração, vão evoluir junto conosco, mas a coisa rola ao contrário. Isso significa, que a maturidade, além de nos deixar mais atentos e observadores, também nos deixa chatos, pois começamos a ficar seletivos. Ainda bem que isso não acontece todo o tempo, pois os nossos outros amigos de infância, adolescência e juventude, conseguiram evoluir e conversam com a gente sobre assuntos atuais e tem uma opinião madura sobre assuntos ligados a política, que  é o que está na moda atualmente, melhor ainda, é saber que são opiniões coerentes e consistentes, para que o papo role solto, sem radicalismos. Além disso, percebemos que o senso de humor desses amigos, continua o mesmo e que podemos rir muito, tornando o papo mais gostoso e agradável.

                 O pior de tudo, é perceber que alguns amigos de adolescência e juventude, principalmente as amigas, tornaram-se neuróticas e desenvolveram transtornos e ansiedade, tornando-se anti-sociais, só querendo conversar com você por telefone. São situações tristes, mas que mostram o quanto as pessoas do nosso entorno sofreram frustrações na vida, que as deixaram assim, mas o mais aconselhável, é dar um tempo no convívio, sem brigas, ou seja, se você tem sensibilidade para detectar uma energia ruim transmitida por essas pessoas, dê um tempo, afaste-se, para que essas possam se tratar, pois logo logo, elas ficarão bem e poderão conviver com você harmônicamente, como nos velhos tempos.

                 Esses, são os bons conselhos que eu quero dar à vocês, meus queridos leitores, pois está muito difícil viver nesse mundo louco, então, precisamos ser mais seletivos, para podermos tocar a nossa vida, resolvendo nossos problemas, com amor e serenidade, é muito gostoso amar aqueles que nos amam, mas todos nós, devemos cuidar de nossas cabeças, para vivermos bem e melhor. É isso aí, muito amor no coração sempre!

Sugestões de pauta, comentários, elogios e críticas? Mande e-mails para: janaina.sabrito@gmail.com

Autor: ANTENADA

Janaina Sá Brito nasceu no dia 03 de Abril de 1974 em Paris e aos seis meses, mudou-se com a família para Porto Alegre. É Radialista, graduada em Letras-Português e pós-graduada em gestão de conteúdo da comunicação social-jornalismo. O objetivo de seu blog é informar sobre todos os assuntos do momento, de forma dinâmica, sempre fornecendo pautas e notícias atualizadas , para quem vive na correria, mas quer sempre se informar sobre tudo que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: