FALA PCD! SURF ADAPTADO

FALA PCD!
SURF ADAPTADO
Janaina Sá Brito Quem disse que os PCD’s não podem surfar? Antigamente isso não era possível, mas agora é!!!! No Rio De Janeiro, existe essa modalidade e o Brasil já possui um campeão Mundial de surf adaptado, o Carioca Daví Teixeira de 13 anos, o Davizinho. Davizinho nasceu com síndrome da banda aminiótica, uma doença que aparece durante a gestação, fazendo com que o bebê nasça com problemas de locomoção. Em 2014, Davizinho ganhou um skate e tornou-se fera neste esporte. No ano seguinte, ele conheceu o surf adaptado e se dedicou totalmente a ele, através de seus treinadores Thiago e Duda.
Davizinho é fera nas ondas e seu objetivo é aperfeiçoar-se mais ainda neste esporte. O surf adaptado é um grande estímulo para os PCD’s, pois desmistifica a imagem de que um deficiente não pode surfar. Que outros surfistas como o Davizinho nos encham de orgulho e divulguem cada vez mais este esporte, dando aos PCD’s, grandes oportunidades de socialização, levantamento da autoestima e uma vida saudável. Boas ondas Davizinho!
FONTE: PROGRAMA “COMO SERÁ?” REDE GLOBO DATA:24/11/2018
WWW.comosera.com

FALA PCD! DESAFIO NATIVISTA DA INCLUSÃO

FALA PCD!
DESAFIO NATIVISTA PELA INCLUSÃO
Janaina Sá Brito
O jornal do almoço, jornal local da RBSTV Porto Alegre, afilhada da Rede Globo no Rio Grande Do Sul, apresenta todos os anos a série “Desafio Farroupilha”, comemorativa ao vinte de Setembro, data de início da revolução farroupilha no RS, este ano, a série de seis episódios teve uma pauta muito especial, a inclusão social e a acessibilidade. O Repórter Giovanni Grizotti e a dupla de Músicos nativistas César Oliveira & Rogério Melo, acompanharam a rotina da Gaiteira Natália, uma menina de dezesseis anos que nasceu cega e era apaixonada pelas tradições Gaúchas e tinha como referência a cantora nativista Berenice Azambuja. Natália se apresenta pelos CTG’s (Centros de tradições Gaúchas ) pelo interior do Estado cantando e tocando sucessos da música regional. O desafio farroupilha deste ano foi fazer com que Bailarinos de danças nativistas ensaiassem uma coreografia de olhos vendados para ser apresentada no ENART( encontro de artes Regionais de Santa Cruz do Sul –RS). Para isso, os apresentadores da série contaram com a ajuda do grupo de danças folclóricas do CTG lanceiros do ouro negro, de Canoas, região metropolitana de Porto Alegre.
Durante três meses, César, Rogério, Giovanni, Natália e os Bailarinos percorreram CTG’s do Interior do RS para mostrar a todos um ensaio aberto onde os Bailarinos vendavam os olhos e ensaiavam a coreografia , vivendo e sentindo na péle o que é fazer movimentos sem enxergar absolutamente nada. Para ajudar nessa missão, foi convidado um grupo de surdos que acompanhou tudo através de Libras (Linguagem Brasileira de sinais).
Ontem, no último episódio da série, o grupo se apresentou no ENART em Santa Cruz Do Sul , César, Rogério e Natália cantaram e tocaram uma música que fala de olhar com o coração e participar da inclusão sem nenhum tipo de preconceito. Os Bailarinos e os cantores emocionaram o público do festival e deram uma lição de vida para todos aqueles que não tem noção de como é a vida dos PCD’s dentro de suas limitações. Todos os episódios da série foram transmitidos com audiodescrição e Libras para que os surdos e deficientes visuais pudessem sentir toda aquela vibração positiva passada pelos participantes do desafio.
Quem quiser assistir a série completa, pode ligar a TV hoje no Fantástico a partir das 20:30 Hs e também pode acessar o site do G1RS . Que essas iniciativas continuem tomando conta do cotidiano das pessoas e que a inclusão seja prioridade no dia-à-dia .
FONTE: JORNAL DO ALMOÇO DATA: 24/11/2018 RBSTV PORTO ALEGRE-RS
http://www.g1.com.br/rs

FALA PCD! ANIMAÇÃO PARA SURDOS

FALA PCD!
ANIMAÇÃO PARA SURDOS
Janaina Sá Brito
Sabemos que a acessibilidade está cada vez melhor e a cada dia que passa, novas tecnologias estão facilitando a vida dos PCD’s, mas agora os surdos também tem vez na telinha. O Carioca Luiz Henrique Pereira Dos Santos criou o primeiro desenho animado em Libras ( Linguagem Brasileira de sinais). O desenho chama-se “ Mim e as mãozinhas “ e tem como objetivo apresentar às crianças a realidade dos surdos e a forma como se comunicam. Tudo começou quando Luiz Henrique estava em uma roda de conversa e entre os participantes, estava uma menina surda que se comunicava por sinais e ele não entendia o que ela dizia e ao lado dela, estava a irmã que era sua intérprete. Aí, ele ficou sensibilizado , resolveu conhecer a realidade dos surdos e criar esta animação.
Por enquanto, só o primeiro episódio está pronto, mas Luiz Henrique pretende buscar patrocínio para produzir mais três episódios, para quem quer aprender a linguagem dos surdos e conhecer esta animação, basta acessar o canal do Youtube WWW.youtube.com/mimeasmaozinhas e quem quiser fazer contato, dar sugestões e conhecer o trabalho de Luiz Henrique, pode acessar sua página no Facebook: WWW.facebook.com/mimeasmaozinhas Lá, você vai encontrar todos os detalhes desse projeto tão especial.
Mais uma vez os PCD’s estão ganhando mais espaço na sociedade e a tendência é aumentar a acessibilidade no mundo atual.
FONTE: PROGRAMA “É BRASIL QUE NÃO ACABA MAIS!” DATA: 17/11/2018 RÁDIO BAND NEWS FM.
http://www.bandnewsfm.com.br

MUDANÇAS NO PROGRAMA MAIS MÉDICOS

O governo informou que a seleção de médicos brasileiros para substituir os cubanos ocorrerá ainda neste mês – Jornal O Sul
banner
JORNAL O SUL

A fonte notícias, esporte e entretenimento dos gaúchos.

Região de Navegação






fim de Região de Navegação
delivery/ck
fim de banner
Região Principal
artigo
O governo informou que a seleção de médicos brasileiros para substituir os cubanos ocorrerá ainda neste mês
Cuba enviava profissionais para atuar no Brasil desde 2013. (Foto: Karina Zambrana/MS)
16 de novembro de 2018

Brasil,
Capa – Destaques,
Notícias,
Política,
Saúde

O Ministério da Saúde informou, na manhã desta sexta-feira (16), que a seleção de médicos brasileiros para ocuparem as vagas que serão deixadas pelos profissionais
cubanos do programa Mais Médicos ocorrerá ainda em novembro.

Na quarta-feira (14), o Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou a decisão de deixar o programa Mais Médicos, criado durante o governo da ex-presidente
Dilma Rousseff. Cuba enviava profissionais para atuar no Brasil desde 2013. O governo cubano atribuiu a decisão a “declarações ameaçadoras e depreciativas”
do presidente eleito Jair Bolsonaro.

“O Ministério da Saúde realiza reunião com a Organização Pan-Americana de Saúde para a definição da saída dos médicos cubanos e entrada dos profissionais
brasileiros que serão selecionados por edital. Será finalizada a proposta de edital para selecionar profissionais para as 8.332 vagas que serão deixadas
pelos médicos cubanos”, informou a pasta.

“A seleção de profissionais brasileiros em primeira chamada do edital será realizada ainda no mês de novembro, e o comparecimento aos municípios imediatamente
após a seleção”, completou o Ministério da Saúde. De acordo com a CNM (Confederação Nacional dos Municípios), a saída dos cubanos do Mais Médicos afetará
28 milhões de pessoas.

O programa

Pelas regras do Mais Médicos, os médicos brasileiros e estrangeiros formados no Brasil têm prioridade para ingressarem no programa. Depois, são convocados
médicos formados fora do Brasil que tenham revalidado o diploma no País, com o exame chamado Revalida.

Na sequência, são chamados médicos brasileiros formados no exterior que não realizaram o Revalida. Depois, a regra prevê que sejam convidados médicos estrangeiros
formados no exterior e sem diploma revalidado no Brasil. Só após todos esses é que governo brasileiro oferecia as vagas aos médicos cubanos.

Cuba enviava profissionais ao Brasil desde 2013. No Mais Médicos, pouco mais da metade dos profissionais – 8,47 mil dos mais de 16 mil profissionais –
vieram de Cuba. Em 2013, segundo balanço do governo federal, apenas 11% das vagas oferecidas no primeiro edital foram preenchidas por médicos brasileiros.

Expulsão

Em agosto, ainda em campanha, Bolsonaro declarou que ele “expulsaria” os médicos cubanos do Brasil com base no exame de revalidação de diploma de médicos
formados no exterior, o Revalida. A promessa também estava em seu plano de governo.

Fora do Mais Médicos, os formados no exterior não podem atuar na medicina brasileira sem a aprovação no Revalida. Mas no caso do programa federal, todos
os estrangeiros participantes têm autorização de atuar no Brasil mesmo sem ter se submetido ao exame.

“Nós, juntos, temos como fazer o Brasil melhor para todos e não para grupelhos que se apoderaram do poder e [há] mais de 20 anos nos assaltam e cada vez
mais tendo levado para um caminho que nós não queremos. Vamos botar um ponto final do Foro de São Paulo. Vamos expulsar com o Revalida os cubanos do Brasil”,
declarou Bolsonaro em pronunciamento realizado em Presidente Prudente (SP).

“Qualquer estrangeiro vindo trabalhar aqui na área de medicina tem que aplicar o Revalida. Se você for para qualquer país do mundo, também. Nós não podemos
botar gente de Cuba aqui sem o mínimo de comprovação de que eles realmente saibam o exercício da profissão. Você não pode, só porque o pobre que é atendido
por eles, botar pessoas que talvez não tenham qualificação para tal”, justificou.

FONTE: JORNAL O SUL
WWW.osul.com.brc

BOLSONARO ANUNCIA MAIS SETE MINISTROS

ENTRAR ›

g1.globo.com
POLÍTICA
Os ministros do presidente Jair Bolsonaro
Novo governo toma posse no dia 1º de janeiro; veja os nomes anunciados.
Por G1
01/11/2018 12h13 • Atualizado há 23 minutos

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
%3Futm_source%3DG1%26utm_mediu…
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já definiu seis ministros integrantes do futuro governo:
•Onyx Lorenzoni (Casa Civil)
•Paulo Guedes (Economia)
•General Augusto Heleno (Segurança Institucional)
•Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia)
•Sérgio Moro (Justiça)
•Tereza Cristina (Agricultura)
•General Fernando Azevedo e Silva (Defesa)
Ministros de Jair Bolsonaro — Foto: Juliane Monteiro e Karina Almeida/G1
Ministros de Jair Bolsonaro — Foto: Juliane Monteiro e Karina Almeida/G1
Ministros de Jair Bolsonaro — Foto: Juliane Monteiro e Karina Almeida/G1
Onyx Lorenzoni (Casa Civil)
O médico veterinário de 64 anos terá um dos principais postos da Esplanada dos Ministérios. Ele está no 4º mandato consecutivo como deputado federal e foi reeleito com 183.518 votos.
Em 2016, Onyx foi relator na Câmara do pacote de medidas de combate à corrupção e fez mudanças no texto apresentado no plenário, descumprindo acordo com os demais parlamentares, o que gerou diversas críticas a ele.
No ano passado, admitiu ter recebido R$ 100 mil em caixa 2 da empresa JBS para pagar dívidas de campanha de 2014. O deputado alegou que, na ocasião, não tinha como declarar o valor na Justiça Eleitoral.
Paulo Guedes (Economia)
O economista de 69 anos vai assumir um superministério, que reúne Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio.
De perfil liberal, Paulo Guedes defende a menor participação possível do Estado na economia.
Nascido no Rio de Janeiro, Guedes se formou em economia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e fez mestrado e doutorado na Universidade de Chicago (EUA). Ele nunca teve cargo público e fez fortuna no mercado financeiro.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sérgio Moro (Justiça)
O juiz de 46 anos ganhou projeção nacional ao julgar processos da Operação Lava Jato na 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba.
No governo, assumirá o ministério que reunirá as pastas da Justiça e da Segurança Pública. Será responsável, por exemplo, pela Polícia Federal, pelo Departamento Penitenciário Nacional e pela Secretaria Nacional de Segurança Pública.
Nascido em Maringá (PR), Sérgio Moro formou-se em direito pela Universidade Estadual de Maringá e tem mestrado pelo Universidade Federal do Paraná. É juiz federal há 22 anos.
General Augusto Heleno (Segurança Institucional)
O militar de 71 anos chegou a ser cotado para vice na chapa, mas vai assumir a pasta da Defesa.
Na reserva desde 2011, o general comandou a missão de paz das Nações Unidas no Haiti, foi comandante militar da Amazônia e chefiou o Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.
Antes de definir que iria para o Gabinete de Segurança Institucional, o general Heleno foi anunciado no Ministério da Defesa. Será o novo responsável pela área de inteligência do governo, pela segurança pessoa do presidente da República e pela prevenção de crises.
Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia)
Ele ficou conhecido no Brasil e no mundo como o primeiro e único astronauta brasileiro a ir para o espaço. Foi aviador, piloto de caça e seguiu carreira militar, chegando ao posto de tenente-coronel.
Atualmente na reserva, Marcos Pontes nasceu em São Paulo, em 1963, tem mestrado em Engenharia de Sistemas e é engenheiro Aeronáutico.
Segundo o site do tenente-coronel, ele também já foi embaixador das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial.
Tereza Cristina (Agricultura)
Atual presidente da Frente Parlamentar Agropecuária do Congresso Nacional, conhecida como a bancada ruralista, Tereza Cristina foi indicada pela FPA para o cargo. Ela é engenheira agrônoma e empresária.
No Mato Grosso do Sul, ocupou o cargo de gerente-executiva em quatro secretarias: Planejamento, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo. Também exerceu os cargos de diretora-presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e diretora-presidente da Empresa de Gestão de Recursos Minerais.
No Congresso, Tereza Cristina foi uma das principais defensoras do projeto que muda as regras no registro de agrotóxicos. A futura ministra está no primeiro mandato como deputada e, durante a campanha eleitoral, manifestou apoio à candidatura de Bolsonaro à Presidência.
JAIR BOLSONARO

PSL

SÉRGIO MORO

MAIS DO G1
Novo governo
Bolsonaro anuncia general Fernando Azevedo e Silva como ministro da Defesa
Há 2 horas— Em G1

JULIA DUAILIBI: Bolsonaro telefonou para Toffoli para consultar sobre convite a seu assessor

7 ministros foram confirmados até agora; veja lista
GUROVITZ: Bolsonaro deve conhecer hoje propostas para a Previdência
Há 2 horas— Em Blog do Helio Gurovitz

Em 2ª visita a Brasília, Bolsonaro se reúne com presidentes de tribunais

Consumo em queda
Vendas do comércio caem e têm pior setembro desde 2000
Foto: (Claudia Peixoto/Arte G1)
Há 2 horas— Em Economia

Inadimplência cresce em outubro e atinge 62,9 milhões de pessoas
Morre motociclista que bateu na traseira de caminhão em rodovia de Itapetininga
Acidente foi registrado na rodovia Raposo Tavares (SP-270). Vítima de 27 anos foi socorrida, mas morreu no hospital Léo Orsi Bernardes
Em Itapetininga e Região

Rachaduras em shopping de Sorocaba preocupam moradores
Imagens foram compartilhadas em rede social; shopping alega que marcas são superficiais. Queda de um muro durante a construção do estabelecimento matou sete pessoas em 2012.
rachaduras-em-shopping-de-soro…
Em Sorocaba e Jundiaí
Fraga chama governador eleito do DF de ‘jumento’ em discurso na Câmara
Deputado criticou proposta de Ibaneis de acabar com Casa Militar. Deputado Laerte Bessa (PR) saiu em defesa do governador eleito e houve bate-boca entre os parlamentares.
Fraga chama governador eleito do DF de ‘jumento’ em discurso na Câmara
4 min
Em Distrito Federal

VEJA MAIS
g1.globo.com
últimas notícias
© Copyright 2000-2018 Globo Comunicação e Participações S.A.

MAIS UM MINISTRO ANUNCIADO POR BOLSONARO

ck oaparams=2__bannerid=1110__…
Bolsonaro anunciou o general Fernando Azevedo e Silva como ministro da Defesa
Atualmente, o general assessora o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli. (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
13 de novembro de 2018 Brasil, Capa – Destaques, Notícias, Política
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta terça-feira (13) que indicou para o cargo de ministro da Defesa o general-de-Exército Fernando Azevedo e Silva. Bolsonaro confirmou a indicação por meio do Twitter logo após chegar a Brasília. O presidente eleito pousou na manhã desta terça-feira na base área para uma nova rodada de conversas com autoridades.
Com a escolha de um general, Bolsonaro mantém um oficial-general de quatro estrelas (topo da carreira) à frente do Ministério da Defesa. O atual ministro é o também general Joaquim Silva e Luna.
O presidente eleito chegou a anunciar o general Augusto Heleno para a Defesa, porém optou por colocar o militar no GSI (Gabinete de Segurança Institucional). Azevedo e
FONTE: JORNAL O SUL
WWW.osul.com.br

BAIXA NA CONTA DE LUZ

Ramada
A conta de luz pode ter bandeira amarela ou verde em dezembro
Com o aumento das chuvas, os níveis dos reservatórios das hidrelétricas melhoraram. (Foto: Freepik)
9 de novembro de 2018 Brasil, Capa – Destaques, Economia, Notícias
Devido aos índices de chuvas dentro da expectativa para o mês de outubro no Brasil, a bandeira tarifária da conta de energia elétrica para dezembro dificilmente retornará para a bandeira vermelha, disse o diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), André Pepitone. “Reverter acho difícil, no pior estágio seria manter a amarela”, afirmou.
A Aneel pode inclusive analisar a possibilidade de adotar a bandeira verde no próximo mês. O estudo levará em conta a melhora nos níveis dos reservatórios diante da quantidade de chuvas no Brasil em novembro. Segundo o diretor-geral do órgão regulador, André Pepitone, é preciso aguardar mais um pouco para avaliar alguns fatores que influenciam o modelo que determina a escolha da cor da bandeira.
Entre os fatores está o nível de armazenamento e o GSF – fator que mede o nível entre a energia produzida pelos geradores do MRE (Mecanismo de Realocação de Energia) e a soma das garantias físicas deles. É com esse fator que se avalia quanta energia será alocada em cada usina.
Conforme o diretor-geral, as chuvas estão boas e dentro das expectativas, ainda assim é preciso esperar porque está no começo do mês, mas ele acrescentou que o prognóstico é bom. “De acordo com o cenário hídrico que estamos vivenciando hoje, ele se apresenta favorável, mas temos que aguardar para não fazer um exercício de futurologia”, disse. Pepitone estimou que, após o dia 20, será possível “ter uma sensibilidade com grande precisão” para definir a cor da bandeira.
Chuvas
O diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Luiz Eduardo Barata, disse que está muito feliz com a quantidade de chuvas. Segundo Barata, até setembro as condições climáticas eram muito ruins tanto no Nordeste quanto no Centro-Oeste e no Sudeste. O quadro começou a mudar em outubro.
Para novembro, as expectativas dos institutos de clima apontam para boa quantidade de chuva no Rio Paranaíba, o que deve melhorar também as condições no Rio Tocantins. “Deve começar a subir também as usinas do Rio Tocantins e mais para a frente a sinalização é que os rios do Norte, Madeira e Xingu, também vão ter uma condição boa”, disse, após participar do encontro de energia.
Outra previsão que anima Barata é o fenômeno El Niño entre moderado e fraco. De acordo com o diretor-geral do ONS, isso é positivo porque deve vir acompanhado de chuva na média ou pouco acima disso no Nordeste, enquanto na Região Sul a previsão é de chuva intensa.
“Quando estávamos em setembro, a nossa perspectiva era terminar o período seco na faixa dos 14% ou 15% [dos reservatórios] no Sudeste. No Nordeste, a previsão era terminar acima de 20%, não por causa da chuva, mas principalmente por causa da estratégia de controle de vazão. No Sudeste, estamos entre 19% e 20%, principalmente porque continua chovendo e de forma abundante na Região Sul. Se nós vínhamos em junho, julho, agosto e setembro com o fluxo de energia da Região Sudeste para a Região Sul, a partir de outubro passamos a ter o fluxo do Sul para o Sudeste. Esse é que foi o grande diferencial”, destacou
FONTE: JORNAL O SUL
WWW.osul.com.br.

CRESCE O FATURAMENTO DA PETROBRÁS NO ÚLTIMO TRIMESTRE

A Petrobras registrou lucro líquido de mais de 6 bilhões e meio de reais no terceiro trimestre deste ano – Jornal O Sul
banner
JORNAL O SUL

A fonte notícias, esporte e entretenimento dos gaúchos.

Região de Navegação






fim de Região de Navegação
delivery/ck
fim de banner
Região Principal
artigo
A Petrobras registrou lucro líquido de mais de 6 bilhões e meio de reais no terceiro trimestre deste ano
No acumulado do ano, a estatal soma lucro de R$ 23,6 bilhões, o melhor resultado para o período desde 2011. (Foto: EBC)
6 de novembro de 2018

Brasil,
Capa – Destaques,
Economia,
Notícias

A Petrobras registrou lucro líquido de R$ 6,644 bilhões no terceiro trimestre deste ano, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (06) pela estatal.
O resultado representa uma queda de 34% na comparação com o segundo trimestre (R$ 10,07 bilhões). Já ante o mesmo período do ano passado (R$ 266 milhões),
o lucro foi 25 vezes maior.

No acumulado do ano, a estatal soma lucro líquido de R$ 23,6 bilhões, o melhor resultado para o período desde 2011, segundo a companhia, e um crescimento
de 371% na comparação com os nove primeiros meses de 2017. O resultado do terceiro trimestre poderia ter sido melhor se não fossem os acordos firmados
com o governo dos EUA para encerramento das investigações dos casos de corrupção, que tiveram impacto negativo de R$ 3,5 bilhões.

No final de setembro, a estatal anunciou que fechou um acordo que prevê o pagamento de US$ 853,2 milhões para o encerramento, nos Estados Unidos, das investigações
do DOJ (Departamento de Justiça) e da SEC (Securities and Exchange Commission) decorrentes das irregularidades investigadas pela Operação Lava-Jato. Segundo
a Petrobras, excluindo as provisões feitas para os acordos nos Estados Unidos, o lucro líquido seria de R$ 10,269 bilhões no terceiro trimestre e de R$
28 bilhões no acumulado do ano.

A Petrobras atribuiu o resultado principalmente aos seguintes destaques: maiores margens de lucro nas vendas de derivados do petróleo no Brasil e nas exportações,
ambas impulsionadas pelo aumento do preço do barril de petróleo e pelo real mais desvalorizado; aumento nas vendas de diesel com expansão da participação
de mercado; a empresa recebeu R$ 1,6 bilhão do governo federal referente ao programa de subvenção do diesel; menores despesas gerais e administrativas;
impacto de R$ 3,5 bilhões para encerramento de investigações das autoridades norte-americanas e ressarcimento de R$ 1, 7 bilhão de recursos recuperados
pela operação Lava-Jato.

O faturamento da companhia alcançou R$ 98,26 bilhões no terceiro trimestre, uma alta de 16% na comparação com o período entre abril e junho. Somente a
receita da divisão de abastecimento somou R$ 76,3 bilhões, com crescimento de 17% na comparação anual.

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda) ajustado somou R$ 29,856 bilhões no terceiro trimestre, queda de 1% ante o segundo
trimestre, mas um forte aumento de 55,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Mais uma vez, o lucro da Petrobras superou o dos maiores bancos do
Brasil. Na semana passada, o Itaú reportou lucro de R$ 6,25 bilhões, e o Bradesco, de R$ 5 bilhões. Já a Vale teve lucro de R$ 5,75 bilhões.

Endividamento

Em relação ao fim de 2017, a dívida líquida da Petrobras aumentou 4%, saltando de R$ 280,75 bilhões em dezembro para R$ 291,83 bilhões em setembro. A companhia
atribuiu o aumento “à depreciação do real frente ao dólar”. O endividamento líquido é resultado de todas as dívidas da empresa, menos o dinheiro que ela
possui em caixa.

Com isso, a alavancagem medida pela relação entre dívida líquida e o Ebitda chegou a 2,96 vezes, ante 3,23 vezes no fim de junho e 3,67 vezes em dezembro
de 2017. A meta da companhia é atingir uma alavancagem inferior a 2,5 vezes até o fim de 2018. Em dólares, a dívida líquida da estatal atingiu US$ 72,88
bilhões, o que representa uma redução de 14% em relação a dezembro de 2017, e o menor valor desde 2012.
FONTE: JORNAL O SUL
WWW.osul.com.br

O TÉDIO DA ERA DIGITAL

O TÉDIO DA ERA DIGITAL
Janaina Sá Brito
Nos últimos cinco anos, a internet das coisas vem crescendo e tomando cada vez mais conta de nossa vida diária através do uso de dispositivos móveis, usamos a internet para pedir um transporte, comer, pagar contas e fazer transferências bancárias e compras, ouvir música, ver filmes, ler livros e estudar. Isso facilitou muito a vida das pessoas, pois todos trabalham muito e não tem condições de se deslocar de um local para outro para resolver tarefas práticas do cotidiano, além do mais, o trânsito nas grandes cidades cresceu e piorou muito a situação urbana de hoje.
Só que ao mesmo tempo que esta ferramenta facilitou nossa vida, também gerou o fim do consumo e da produção de mídias físicas ( CD’s e DVD’s) e a baixa do consumo de livros impressos, fazendo com que as grandes livrarias e lojas de CD’S e DVD’s fechem as portas , mesmo com a volta do vinil e da fita k7, ainda com preços altos e não populares. Para mim como consumidora de música, filmes e livros, é um tédio, esse sempre foi um dos meus grandes prazeres que desde criança me divertia e me atraía. Sempre gostei de entrar em uma loja de discos e em uma livraria , ver os lançamentos e comprar os livros, discos, fitas, vídeos VHS, CD’s e DVD’s que faziam a minha cabeça, hoje, sinto um tédio muito grande ao saber que esse prazer está chegando ao fim, que graça vai ter a vida sem isso? Será que vale tanto a pena assim viver com as facilidades da era digital? Como vamos viver em um mundo onde tudo é virtual e vai para a nuvem? Acho que daqui a pouco vou entrar em depressão, pois meu grande prazer vai deixar de existir e tudo vai se restringir.
O mundo está perdendo a graça, tudo é virtual, inclusive o contato com as pessoas que amamos, então para que tanta robotização? Semana retrasada, vi uma matéria no programa Estúdio I no canal Globo News dizendo que até 2022 o homem só falará com a máquina, se continuar assim, o ser humano vai deixar de existir, pois além das mídias físicas, várias profissões vão se extinguir e ninguém mais terá espaço no mercado de trabalho, a não ser os robôs. É o fim do atendimento humanizado. Isso tudo me dá calafrios e me deixa paranóica e triste, mas tenho que encarar que essa é a nova realidade e não poderei fugir dela, então, só me resta me adaptar e seguir a vida. Que venha o mundo digital!

TBT: O NOVO ÁLBUM DE RECORDAÇÕES

TBT: O NOVO ÁLBUM DE RECORDAÇÕES
Janaina Sá Brito
Antigamente, lá no início do século 20, as pessoas tinham o costume de tirar fotografias em datas festivas como nascimento dos filhos, festas de aniversário, casamentos, batizados, viagens e muitos outros momentos. As fotos eram de papel e em preto e branco e coladas em um álbum de fotografias, com o tempo, elas ficaram coloridas e os álbuns cada vez mais incrementados, com plástico de proteção poR FORA DAS FOTOS e estampas coloridas na capa, também tinham os álbuns com fotos de paisagens na capa ou também os álbuns personalizados, como os álbuns de bebê recém-nascido, de quinze anos e de casamento.
Com o tempo, os filmes deram lugar ás fotos digitais, os álbuns tornaram-se maiores, com espaço para mais de cem fotos digitais e podíamos escolher se antes de imprimir as fotos no pen drive em casas de revelação, se queríamos que a foto fosse impressa em preto e branco ou colorido, pois as câmeras digitais tinham recursos de resolução e mudanças de cor. Aí, com o advento e evolução da internet, vieram os álbuns virtuais como o Flicker, do Yahoo, e os álbuns das redes sociais Orkut, Facebbook e Twitter. Com o advento dos smartphones, surgiu a rede social de fotos Instagram, onde as pessoas postavam suas fotos e seus seguidores faziam comentários sobre elas. Agora, surgiu uma nova modalidade de álbuns de fotografia, o TBT, que significa Trolback Tursday, que significa retorno da Quinta-Feira ou Quinta-Feira da saudade, também tem o FBF, que significa Flashback Friday ou Sexta-Feira do flashback. Isto funciona da seguinte maneira: Os usuários do Facebook do Instagram e do Twitter, postam todas as Quintas-Feiras em suas contas uma foto antiga que lhe traga lembranças do passado usando a Hashtag TBT (#tbt) e nas Sextas-Feiras elas publicam fotos do passado usando a Hashtag FBF (#fbf). Ao publicarem as fotos antigas , os usuários descrevem aquele momento que os marcou no passado e ao final, usa as Hashtags citadas. Simples assim! Com o fim das mídias físicas como o CD, o DVD e o Vinil e Fita K7 (Estas últimas estão voltando com força), até os álbuns físicos estão com seus dias contados e as câmeras fotográficas também, dando lugar aos smartphones com os melhores recursos de imagem e resolução, para filmar e tirar fotos. É a nova era digital, tudo vai para a nuvem, mas pelo menos, as pessoas não deixam de recordar seus bons momentos junto das pessoas que gostam em qualquer época da vida, pois a memória afetiva é o mais importante, independente de mídias físicas ou digitais. Afinal, recordar é viver! Quem tem lembrança tem história e quem tem passado é uma pessoa feliz! Esse é o espírito!